sábado, 21 de outubro de 2017

Google Maps agora permite explorar outros planetas e luas do sistema solar

  Arquivos Ocultos       sábado, 21 de outubro de 2017


Se você gosta de astronomia e perder horas brincando no Google Maps ou Google Earth, vai gostar da novidade da gigante da computação. A partir de agora, o serviço de mapas da empresa agora abrange diversos corpos celestiais do nosso sistema solar para observação, incluindo três novos planetas e diversas Luas.

Publicidade:


Anteriormente, além do nosso próprio planeta, também era possível observar Marte, a Lua e a Estação Internacional Espacial, a partir de dados coletados de diversas missões da NASA e outras agências espaciais, além do astronauta francês Thomas Pesquet, que ficou algum tempo dentro da estação.







Agora, é possível ver no Google Maps/Earth os planetas Vênus e Mercúrio; o planeta anão Plutão e as luas Ceres, Io, Europa, Ganímedes, Mimas, Encélado, Dione, Reia, Titã e Jápeto.

Claro, não é possível observar a superfície dos planetas e luas com o Street View, mas ainda é possível girá-los, bem como dar um zoom para observar certos detalhes com precisão.


Publicidade:

“Explore as planícies geladas de Encélado, onde a (sonda) Cassini descobriu água debaixo de da crosta da lua, sugerindo sinais de vida. Ande por dentro das nuvens espessas de Titã para ver seus lagos de metano. Inspecione a cratera massiva de Mimas – que apesar parecer algo vindo da ficção científica, é uma lua e não uma estação espacial”, disse Stafford Marquardt, chefe de produto do Google Street View, em seu blog.

As imagens foram coletadas de diversas missões da NASA e da ESA (a agência espacial europeia), incluindo a Cassini, que se chocou contra Saturno no mês passado e fez várias imagens do planeta e suas luas. Os dados de Plutão foram coletados pela sonda New Horizons e suas imagens estão um pouco borradas, mas os detalhes ainda são incríveis.

Como você pode ter notado, ainda faltam alguns planetas do nosso sistema solar. Por conta de todos os dados enviados pela Cassini, foi uma pena ver que Saturno ficou de fora. Já Júpiter também possui a sua própria sonda, Juno, que continua coletando informações. Os fãs de astronomia esperam ver os dois gigantes gasosos no Google Maps um dia.

No momento, não temos sondas investigando Urano e Netuno, mas a NASA espera enviar alguma missão para os dois planetas um dia. Se levarmos em conta a longa viagem para chegar até os outros dois gigantes gasosos do nosso sistema solar, eles certamente não devem aparecer no Google Maps na próxima década.
logoblog

Thanks for reading Google Maps agora permite explorar outros planetas e luas do sistema solar

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »

Nenhum comentário:

Postar um comentário